Muitos dos problemas com que lidamos no dia-a-dia começam no momento em que, observando uma determinada situação, a apelidamos de “problema”. Será que que podemos apelidar a mesma situação de uma outra forma que nos leve a viver uma outra realidade?

E será essa alteração um simples jogo de palavras ou uma real ativação de diferentes caminhos neurológicos que afetam a nossa experiência mental e emocional?

O que chamas ao que os outros chamam de “problemas”?

By Pedro Vieira

Anúncios