Pesquisar

The Miracle Coach

Categoria

Coaching

Em que contextos se pode utilizar o Coaching?

Em que contextos se pode utilizar o Coaching? Sendo o Coaching a arte de conduzir conversas eficientes na exploração de caminhos alternativos entre o que é e o que queremos que seja, podemos afirmar que é utilizável em todos os contextos.

Podendo chamar-se de Coaching ou de outra coisa que faça mais sentido nos referidos contextos! 🙂

by Pedro Vieira (facebook.com/pedrovieira.pt)

Fazer acontecer o Sonho

Se há coisa que aprendi com o Coaching foi que todo o sonho pode ser transformado num objetivo, desde que estejamos preparados para assumir a responsabilidade de fazer acontecer o sonho!

Aquilo que resistes… Persiste! by Pedro Vieira

Dizem muitos autores que aquilo a que resistes… Persiste! Quando resistes a algo, colocas a tua atenção naquilo a que estás a resistir. E para onde vai a atenção, flui a energia!

Poderá ser esta uma das razões pelas quais tantas pessoas experienciam quase constantemente aquilo que não querem? E será que se passarem a aceitar podem começar a transformar?

Talvez seja este um bom tema de reflexão para hoje!

by Pedro Vieira

12741896_901380449960744_1837536059909984385_n

“Problema”

Muitos dos problemas com que lidamos no dia-a-dia começam no momento em que, observando uma determinada situação, a apelidamos de “problema”. Será que que podemos apelidar a mesma situação de uma outra forma que nos leve a viver uma outra realidade?

E será essa alteração um simples jogo de palavras ou uma real ativação de diferentes caminhos neurológicos que afetam a nossa experiência mental e emocional?

O que chamas ao que os outros chamam de “problemas”?

By Pedro Vieira

Um professor também pode ser um coach que faz milagres.

E Mr Chris é sem dúvida um Miracle Coach.

Vê aqui: https://www.facebook.com/specialbooksbyspecialkids/photos/a.600943623340955.1073741829.591976210904363/677858522316131/?type=3&theater

12241386_677858522316131_3378754377375797662_n

Perguntas de Coaching

Através das perguntas de Coaching podes fazer grandes aprendizagens e grandes descobertas. É quando fazes alguma coisa prática com essas aprendizagens e descobertas, porém, que os milagres acontecem na tua vida!

#miraclecoach #coaching

Milagre da Auto-Estima

Novo texto no blogue do coach Pedro Vieira sobre o milagre da auto-estima! Leitura altamente recomendada.

Lê aqui: Gosto ou Não Gosto de Mim

Procrastinar da Coach Adriana de Araújo

A Adriana De Araújo é uma Coach brasileira com muitos livros publicados – neste artigo partilha dicas para deixar a procrastinação!

Vê aqui o artigo:

http://www.minhavida.com.br/bem-estar/materias/18800-quais-sao-os-problemas-de-estar-sempre-procrastinando?utm_source=Social&utm_medium=facebook&utm_campaign=feed_bem-estar

 

Afinal o que é o Coaching?

Afinal, o que é Coaching?

Tantas definições, tantas páginas web, tantos livros e cursos. Investiguei e gostei particularmente de uma definição apresentada pelo coach Pedro Vieira (podes saber mais sobre o Pedro em www.pedrovieira.net): “Coaching é a Arte de ajudar pessoas a explorarem os caminhos entre o sítio onde estão e o sítio onde gostariam de estar”. Pedi por email ao Pedro para nos elucidar um pouco mais sobre esta definição. Aqui está aquilo que ele me disse:

“Bem, esta definição do coaching enquanto a arte de ajudar pessoas a explorarem os caminhos entre o sitio onde estão e o sitio onde gostariam de estar tem uma série de pressupostos que convém explorar:

1) Antes de mais, consideremos que esta definição só faz sentido se o beneficiário do processo de coaching conseguir aperceber-se do sítio onde está – muitas vezes o processo de coaching começa, precisamente, por aqui! Perceber onde se está, em qualquer área da vida, implica capacidade de observar, processar e filtrar informação. Através de uma boa estrutura de questionamento, o coach ajuda o seu cliente a recuperar a informação mais importante até ao ponto de poder, com segurança, determinar afinal qual é a realidade que o cliente gostaria de alterar. Pela minha experiência, este primeiro passo nem sempre é suficientemente explorado, com o coach a poder precipitar-se para a definição de objetivos antes do cliente ter verdadeiramente explorado o sítio onde está. Repare-se que, frequentemente, o cliente pode até acabar que não quer alterar o sitio onde está e quer, simplesmente, aprender a relacionar-se com este de uma forma mais equilibrada e harmoniosa!

2) Depois, pode-se definir o ponto desejado, o objetivo (ou objetivos) que o cliente se propõe alcançar. Para o fazer lidamos muitas vezes primeiro com as limitações auto-impostas, que impedem o cliente de definir aquilo que realmente quer, focando-se em vez disso numa limitada ideia daquilo que acha ser possível. Quebrar crenças limitadoras é um benefício frequente do processo de coaching, portanto! A definição de metas pode ser apaixonante, entusiasmante e altamente criativa. Pessoalmente, gosto de usar o método SPIDER para o fazer. O mais importante é, parece-me, que o cliente aprenda a percepcionar-se como co-criador do seu universo, conseguindo assim aceitar que começa na definição clara de intenções e objetivos a sua atividade de criação da realidade.

3) Finalmente, exploramos os caminhos entre onde se está e onde se quer estar. Aqui está mais um pressuposto poderoso: a ideia pré-definida de que existem caminhos ilimitados a unir esses dois pontos. O que impede o cliente de perceber as múltiplas possibilidades ao seu alcance é, quase sempre, a sua visão limitada do mundo, consequência de filtros anteriormente instalados e que eliminam à partida o acesso aquilo que gosto de chamar de “mundo quântico de possibilidade ilimitadas”! Quando começam a ser concebidas mais e mais possibilidades, cada qual acarretando um conjunto de consequências, aparece o entusiasmo de se perceber que todo o problema está a apenas uma solução de ser resolvido”.

Gostei muito destas palavras do Pedro. E tu?

The Miracle Coach

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑